segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Scratch(es)


O projecto desta semana para os alunos é experimentar em modo livre vídeo ou imagem fixa, explorando o que aprenderam nas aulas anteriores. É uma forma de parar para respirar e ter um pouco de tempo para explorar livremente dentro do espaço temporal apertado de uma disciplina semestral leccionada de uma forma que tenta cobrir a introdução a diferentes aplicações multimédia, terminar com uma boa almofada de tempo para que cada grupo desenvolva um projecto em tecnologias à escolha, e ainda tenta não esquecer algumas introduções teóricas à evolução histórica da tecnologia digital e à segurança online. Ou como se diz no português vernacular, tenta dar uma no cravo e outra na ferradura. Estes momentos de pausa também são uma boa desculpa para eu ter tempo para instalar aplicações, rever algumas incorrecções no parque informático da sala TIC (geralmente resolvidos com clonagens via Acronis) ou resolver alguns problemas de hardware. Agora, preparando o terreno para as próximas semanas, estou a instalar o Scratch nos pcs. Já faz parte da imagem standard de clonagem mas fazer esse rollout agora é impraticável. Naturalmente os alunos ficam curiosos com a aplicação que está a ser instalada e, mal viro costas, começam a experintar. Stor, isto é giro, dizem enquanto sem qualquer orientação vão experimentando o que fazem os blocos de programação.

Sem comentários:

Publicar um comentário