terça-feira, 31 de março de 2020

Em Suspenso


A mergulhar na inesperada época de reuniões à distância, entre videoconferência, dilúvio de emails e ténis de word (está difícil convencer os meus colegas a criar documentos partilhados online). Olhando para o balanço do que estava a fazer com os alunos antes da interrupção de emergência, é impossível não sentir uma ponta de tristeza. Tantos pequenos projetos dos alunos que se estavam a iniciar, e ficaram suspensos. Este ano tinha desfiado as minhas 9 turmas de sexto ano a criar com o Anprino, e havia um pouco de tudo, entre combates de robôs nas invasões francesas a robôs músicos. E este, planeando um robot para viajar pelo sistema solar.

"O stor acha mesmo que vamos conseguir", perguntava-me várias vezes um dos meus alunos mais perspicazes. Não sei, respondia. Se falharam, falharão espectacularmente. Se forem sucedidos, sê-lo-ão espectacularmente, dizia-lhes. O entusiasmo e fervilhar de ideias, já fazia valer a pena.

Tudo, tal como as nossas vidas, em suspenso. Oportunidades que se perderam, vítimas de uma pandemia que causa muito mais do que baixas humanas. Bem, haverá novas oportunidades, novos desafios. Cá estaremos para continuar.

Sem comentários:

Publicar um comentário