terça-feira, 29 de novembro de 2016

Robô Oeste


Organizado pelo clube de robótica da Escola de S. Gonçalo, o Robô Oeste é um evento onde durante dois dias grupos de participantes serão desafiados a construir, programar e testar um robot em diversas provas. Este ano, um grupo de alunos do Laboratório de Criatividade Digital do Agrupamento de Escolas Venda do Pinheiro vai estar, pela primeira vez, presente neste evento. São três alunos brilhantes, e um professor que percebe pouco de programação e tem medo de ferros de soldar, mas pensa que tão importante como transmitir o que sabe é o abrir horizontes e proporcionar experiências e oportunidades de desenvolvimento aos alunos.

Uma aluna empenhada, que já esteve connosco na Maker Faire, e não tem medo de explicar o que é isso da impressão 3D a qualquer pessoa. Um daqueles raros alunos que nos interrompe a qualquer hora para aprofundar mais o tema em discussão, e grande fã de programar os nossos drones em esquemas de voo inesperados. Nas mãos dele, as probabilidades dos drones voarem contra a parede são baixas. Outro aluno, minecrafter atento e construtor exímio de robots em Lego. Só não irão mais porque a equipe está restrita a quatro e requer a presença de um adulto como elemento, mas esperamos poder contrabandear mais um ou outro aluno como assistente...

O nosso objectivo não é o de ganhar competições. Aliás, estamos apostados em vir de Torres Vedras com um muito honrado último lugar. Queremos aprender os elementos de electrónica e programação que são a base deste evento, para depois trazer esses conhecimentos, e um robot, para a nossa escola. E daí disseminar junto dos restantes alunos que fazem parte do LCD_AEVP. É a primeira vez que participamos num evento destes. Não estamos preparados, mas estamos com vontade de arriscar e aprender. O verdadeiro objectivo é o de trazer de lá ideias, plantar sementes na nossa escola, que com tempo e trabalho irão germinar em resultados inesperados.

Sem comentários:

Publicar um comentário