quinta-feira, 28 de fevereiro de 2019

Sementes


Confesso que não faço a mínima ideia sobre o que é que se anda a passar nas escolas do primeiro ciclo. Tudo o que sei é que regularmente chegam encomendas para imprimir modelos criados utilizando o 3DC.io (na versão web). E são uma delícia!



Tenho estado a conversar com alguns dos professores que estão a desenvolver esta ideia, e já estou a perceber que o desafio de introduzir os alunos ao 3D passa pela matemática e pelo conhecimento das formas geométricas. O processo de trabalho é interessante, têm de esquematizar as formas no papel quadriculado antes de passar para o 3D.


Do meu ponto de vista, há aqui alguns aspetos que me deixam contente. Primeiro, claro, o de ver estas produções dos alunos de primeiro ciclo e pré-escolar. Mas a que mais me alegra é não estar envolvido nisto. A ideia surgiu dos professores, um dos quais fez um workshop de 3D no ano passado. É algo que me leva a pensar no verdadeiro valor da formação, o dar novas ideias aos professores que, quando estes sentem que chegou o momento certo, ou têm condições, implementam. Muitas vezes, no esforço formativo, optamos pela pressa em implementar e quando as coisas falham, desmotivamos. Neste caso, é de apreciar o tempo que passou entre a formação inicial, onde a semente foi lançada, e o seu germinar. Estou a pedir aos meus colegas que documentem este projeto, porque merece ser disseminado. Da minha parte, fico orgulhoso por sentir uma semente que germina, e é um prazer enorme colocar as nossas impressoras a produzir os trabalhos destes pequenos artistas. Fico só com pena de não ver o sorriso que deve aparecer nos seus rostos, quando seguram pela primeira vez nos seus objetos.

Sem comentários:

Publicar um comentário