quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Minecrafting (editado)


Havia aqui um texto sobre o potencial educativo ilustrado por belos renders de um mapa do Minecraft mas quando o partilhei nas redes sociais um aluno meu, com olho para a coisa, informou-me que o que eu pensava ser um trabalho original era plagiado. Os alunos descarregaram um mapa disponível online, fizeram pequenas modificações e fizeram-no passar como original. Mas uma análise a este vídeo  e a confirmação com o download e comparação dos mapas no Mineways dispersaram as suspeitas. Pronto, lamento mas este trabalho fica como um exemplo do lado negro da sociedade digital, a facilidade acrítica do copiar-colar como forma de desenrascar tarefas. O que não deixa de ser uma experiência de aprendizagem válida, para os alunos e para o professor.


É parecido, não é? Fica aqui a reflexão também sobre o poder das redes sociais. Foi o acto de partilha e divulgação que possibilitou a descoberta. É, no fundo, esse o real poder da internet que tem alimentado uma explosão de criatividade ímpar na história humana pelo seu alcance e dimensão.

Sem comentários:

Publicar um comentário