quinta-feira, 28 de maio de 2015

Digital Material


Visto desta forma percebe-se o impacto de um projecto como este. Estando na sala de aula a trabalhar com os alunos no Sketchup Make ou com o nariz enfiado na impressora a monitorizar o depósito contínuo e preciso de filamento, por vezes esquecemos o contexto mais abrangente. Sentimo-lo quando os alunos ficam com um ar de incredulidade ao segurarem nas suas mãos os objectos impressos que conceberam. E neste contexto ainda mais se sente. Na exposição de trabalhos do Departamento de Expressões os talheres impressos em 3D estão lado a lado com os prototipados por meios mais tradicionais. É o mesmo trabalho, em duas dimensões, mostrando as valências dos meios de expressão clássicos acompanhados dos digitais. A modernidade não tem se de traduzir no abandono dos meios tradicionais de criação.


Cá estão os últimos talheres impressos. Restam alguns ficheiros por processar, mas o ano lectivo aproxima-se do final e a carga de avaliações e exames vai roubar trabalho.

Sem comentários:

Publicar um comentário