sábado, 21 de novembro de 2015

Primeiro Workshop Introdução à Impressão 3D (alunos)


No passado dia 18 de novembro foi dinamizado o primeiro workshop de impressão 3D para alunos de outras instituições que não o Agrupamento de Escolas Venda do Pinheiro. O desafio partiu da docente de informática das turmas de Multimédia e Programação dos cursos profissionais da Escola Secundária Dr. António Carvalho Figueiredo, em Loures. Durante o workshop, os alunos tomaram contacto com a impressora Beethefirst, aprenderam a preparar uma impressão, e enquanto o logotipo do curso de Multimédia imprimia em filamento laranja descobriram como utilizando Sketchup Make e Tinkercad modelar para imprimir em 3D é fácil e divertido.


Cá estou, apanhado no Tinkercad. Caught tinkering, como prefiro dizer, recordado que foi Seymour Papert e Sherry Turkle que me ensinaram o valor pedagógico do tinkering (traduzido como bricolage nas edições portuguesas de A Família em Rede e A Vida no Ecrã). Durante cerca de três horas partilhei com estes alunos o que tenho vindo a aprender e experimentar na minha sala de aula. Infelizmente, por questões de gestão de tempo, algo que teria sido muito importante de desenvolver não foi feito: colocar os alunos a experimentar modelação 3D. É algo a rever em futuros workshops deste género, que já estão a ser planeados. Talvez lhes dê o nome Workshop T3D?

Pormenor curioso: sendo uma escola secundária em Loures, seria de esperar encontrar ex-alunos. Já sabia que uma das alunas mais marcantes que tive, talentosa e na altura a adorar trabalhar em 3D, frequenta agora o curso de multimédia desta escola. No dia seguinte, eu estava na escola básica do Milharado a iniciar as actividades da Introdução à Programação no 1.º CEB com uma turma de quarto ano. Um dos alunos dessa turma veio ter comigo e disse-me que a irmã tinha levado para casa um objecto que tinha sido impresso quando fui falar à escola dela. Mundo pequeno, pensei a sorrir.

Sem comentários:

Publicar um comentário